Guido conclama colegas para mobilização geral para discutir os grandes projetos previstos para Marabá e região

Vereador quer que Marabá retome sua posição de líder regional e arregimente outros municípios para lutar por grandes projetos

Em seu primeiro Requerimento de 2015 na Câmara Municipal de Marabá, o vereador Guido Mutran Júnior, o Guidinho (PMDB), solicitou à Mesa Diretora da Câmara providências quanto à mobilização das autoridades      dos poderes públicos, em todas as esferas governamentais, bem como representantes da sociedade civil, para debater e encontrar soluções que apontem para o desenvolvimento da região sudeste do Pará.

“Inicio este período legislativo falando de futuro. Este futuro nos exige postura incisiva e contundente, na busca de união de esforços em prol do desenvolvimento tão sonhado para Marabá e região. Entendo que o Pará precisa ser visto como um todo, sem retaliações, mas com convergência em torno das questões que, em grande medida, se prendem apenas em retórica.”, salientou o vereador.

Guido estendeu o convite para que toda a comunidade regional se una em torno dos interesses comuns e não se apegue às diferenças, “que apenas nos tornam mais fracos diante dos desafios que a conjuntura nos impõe”.

O vereador advertiu sobre a necessidade de Marabá retomar a condução das políticas públicas que são prometidas para a nossa região e que nunca     foram implementadas. “Tais políticas proporcionariam o  desenvolvimento       socioeconômico, com a consequente geração de empregos e renda, incrementação do comércio e arrecadação de tributos, advindos da instalação de novas indústrias e obras de infraestrutura”.

Ainda em seu discurso, Guido Mutran falou da necessidade de se estabelecer uma pauta permanente de discussão ampla, com todos os segmentos sociais e políticos da nossa região, abordando os temas:  Hidrelétrica     de   Marabá      com    eclusas; Hidrovia Araguaia-Tocantins, resolvendo o problema do derrocamento do Pedral do Lourenção; Aços   Laminados   do   Pará   (ALPA), política de investimentos da Companhia Vale; fechamento das indústrias de ferro gusa instaladas no Distrito  Industrial de Marabá. “Os problemas que devemos enfrentar são gigantescos. Exigem um esforço concentrado de todos os que podem se unir nesse sentido. Creio que é possível construirmos um consenso em torno de propostas concretas que indiquem soluções a curto, médio ou longo prazo”, propôs Guido Mutran.