Imagem peregrina de Nossa Senhora chega à Câmara

Vereadores participam de Sessão Ordinária em homenagem à Vírgem de Nazaré

Oito vereadores participaram de uma Sessão Ordinária na manhã desta terça-feira, 13 de outubro, em homenagem à imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Com a participação do bispo Dom Vital Corbelini e de vários padres e fiéis, a sessão foi um momento de pedir pela proteção de Deus à Virgem.
Na chegada da imagem peregrina à Câmara, os vereadores e servidores se emocionaram e a vereadora Vanda Américo chegou mesmo a chorar.

Ao abrir a sessão, o presidente da Casa, Miguel Gomes Filho, explicou que a sessão ordinária em homenagem a Nossa Senhora será realizada todo ano na semana que antecede ao Círio de Marabá, sempre às 8 horas, diferente do horário regimental, que é de 9h40.

Ao usar da palavra, a vereadora Vanda Américo disse esperar que a imagem de Nossa Senhora ajude os vereadores a cumprirem suas funções e pediu que ela proteja os vereadores e servidores da Casa Legislativa.

Alecio Stringari disse que quando nossa Senhora passa pela Casa, enche de orgulho a todos e pediu que ela traga proteção divina para “fazermos de Marabá uma cidade melhor para se viver. Que Deus abençoe a caminhada de Nossa Senhora pelo município”.

O vereador Ronaldo Chaves Araújo avaliou que este é um momento de refletir um pouco mais sobre as ações de cada um. “Não é fácil fazer trabalho com peregrinação, de fazer o bem, ouvindo, orando, tendo humildade de se ajoelhar e agradecer tantas coisas. As pessoas pedem muito e agradecem pouco. Nós, católicos, cumprimos nosso papel. Tenho dito que me envergonho de pessoas que não têm dicernimento do estado laico. Não sabem o que é respeito nem religião. Nossa Senhora de Nazaré está aí para perdoar essas pessoas, que muitas vezes falam e não fazem”, sustentou.

O presidente Miguelito, autor do projeto de sessão em homenagem à Nossa Senhora, agradeceu pelos guardas da Santa e demais pessoas que atuam na coordenação do Círio de Nazaré. Ele pediu que a Santa encha a todos de proteção e sabedoria, por considerar que a maioria dos políticos e dirigentes precisa ter sabedoria para tomar decisões importante em prol da coletividade.

Dom Vital Corbelini, bispo da Diocese de Marabá, disse que as celebrações do Círio começaram em Marabá desde setembro e sustentou que a equipe organizadora está muito empenhada para que tudo ocorra dentro do programado. “Temos o livro da quinzena dos encontros, muito bom para ser refletido nos encontros de família”.

O bispo que este ano está sendo desenvolvido o Círio Missionário, Círio Ciclistico e há também um blog do Círio para que as ações em torno do evento se multipliquem e alcancem um maior número de pessoas. “O Círio não é feito apenas por padres e bispo, mas por muito fiéis. Acredita que o Círio deste ano será maior que do ano passado, quando acompanharam o evento um total de 220 mil pessoas.

Pediu que a Santa abençou a cidade, os legisladores, a Câmara, de uma forma geral, local que considera de relevante importância para o município. “Como igreja e pastores, nosso ideal é servir. Desejamos a todos os vereadores o serviço. A gente se torna grande pelo serviço, não para ser servido”.