Justiça Eleitoral diploma eleitos para quadriênio 2021-2024 na Câmara Municipal

Na noite desta quarta-feira, dia 16 de dezembro, a 100ª Zona Eleitoral de Marabá diplomou os 21 vereadores, prefeito e vice-prefeito de Marabá eleitos em 15 de novembros último, em cerimônia ocorrida no Plenário da Câmara Municipal. Também receberam suas certificações os candidatos eleitos de Bom Jesus do Tocantins, que também fazem parte da referida 100ª ZE.
O juiz eleitoral Bruno de Moraes Favacho, titular da 100ª ZE, foi acompanhado na mesa dos trabalhos pelo prefeito Tião Miranda; Pedro Corrêa, presidente da Câmara de Marabá; o comandante da 23ª Brigada, general Giovane Moretto; coronel Benedito Sabbá, comandante do CPR-II; presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Haroldo Gaia; Odilon Vieira Neto, representando o secretário Regional de governo, João Chamon Neto.
O magistrado, ao abrir a cerimônia, refletiu sobre o sistema eleitoral brasileiro. “A democracia não é um sistema feito para garantir que os melhores sejam eleitos, mas para impedir que os piores fiquem para sempre”, disse, parafraseando Margareth Thatcher.
Ele disse, ainda, que a consciência politica deveria ser ensinada na base educacional, para que as pessoas que ocupam cargos públicos com ética e moral. “Aqui se aglutina um povo trabalhador que merece bons governantes e parlamentares. A diplomação constitui a derradeira fase do processo eleitoral. Nela, são sacramentados os resultado das eleições. O diploma simboliza a vitória no pleito. O desafio de realizar as eleições em meio à pandemia foi posto e vencido. É importante agradecer a todos que colaboraram, tanto nas eleições em Marabá como em Bom Jesus do Tocantins”, sinalizou.
Em seu discurso na tribuna, o prefeito Tião Miranda agradeceu a condução do processo eleitoral pelos juízes Bruno Favacho e Adriana Tristão e citou várias outras personalidades. “Mas agradeço primeiro a Deus e, depois, ao povo de Marabá. É importante termos a consciência de que todo o nosso trabalho precisa ser voltado para a comunidade. O eleitor está mais sábio, valoriza quem trabalha e olha por sua cidade. Digo que meu projeto é trabalhar mais, junto com os vereadores e secretários. Minha gratidão a todos que participaram dessa eleição”, finalizou.
Ao usar a palavra, o presidente da Câmara, Pedro Correa, sustentou que o objetivo, ao ser representante do povo, é para cuidar dos interesses dos cidadãos. “Muitas vezes depositamos tudo na conta do prefeito para realizações na cidade, mas o sucesso perpassa também por outros poderes”.