Leodato pede audiência com a Vale

Pauta da reunião é a duplicação da ponte rodoferroviária sobre o Rio Tocantins

Não é de hoje que o vereador Leodato Marquês vem cobrando uma posição da mineradora Vale, para que a empresa se posiciona sobre a duplicação da ponte rodoferroviária sobre o rio Tocantins, que tem 2.310 metros de extensão e corta o perímetro urbano de Marabá. De acordo com a exposição do vereador, existe um forte indício de que a mineradora quer duplicar apenas a parte ferroviária, deixando de atender a duplicação rodoviária, reivindicação antiga da população de Marabá, em especial do Complexo São Félix/Morada Nova, situado à margem direita do Rio Tocantins.

Leodato pediu para a Mesa Diretora da Câmara que agende com urgência uma audiência pública para tratar sobre a segunda ponte sobre o rio Tocantins. “Como cidadão eu não posso aceitar, e como representante do povo, menos ainda. Se for preciso vou pra cima dos trilhos, não podemos deixar esse atentando contra a população de Marabá. Precisamos marcar a vinda de representantes da Vale, com a presença dos nossos deputados, senadores, e temos de botar o governo federal nessa discussão. Ele precisa se posicionar sobre esse assunto”, enfatizou o vereador.

 

Ainda de acordo com Leodato, esse é o melhor caminho a se percorrer, pois a comunidade não irá aceitar a construção apenas de outra ponte ferroviária. “É melhor fazermos isso para evitar maiores transtornos, porque a população não vai aceitar dessa forma”.

Ficou acertado que na próxima sessão ordinária deverá ser informada a data para a audiência pública com a Vale.