Resultado das Eleições de 2014 repercute na Câmara Municipal

Vereadores analisam pleito do último domingo e pedem mais investimentos dos governos em Marabá e região

Durante a primeira sessão do Poder Legislativo de Marabá após o encerramento do pleito eleitoral de 2014, praticamente todos os vereadores fizeram comentários e fizeram suas análises do processo. Para a grande maioria, o recado foi dado nas urnas, no que diz respeito à eleição de governador do Pará e de presidente da República, já que em ambas a diferença de votação foi muito pequena.

Ronaldo Yara disse que é hora de o governo do Estado ter um olhar diferenciado com a região. “É importante que estejamos atentos. O governo de Marabá mais do que nunca dependerá muito do PT, e terá que estar bem atento com os compromissos com essa Casa e com o município”.

Guido Mutran ponderou que para falar em eleição nesse momento é preciso avaliar o recado que foi dado. Para ele, o político inteligente é aquele que, ao vencer a eleição, não sai dela como maioral, mas sim corrigir os seus erros e dialogar em prol de um Pará melhor. “Votei no Helder em função do descaso e de anseio da comunidade. Nós temos que estar muito atentos para que aquilo que falarmos aqui seja feito porque nossa região precisa ser olhada com maior carinho pelos governos federal e estadual. Espero que os eleitos possam se despir da vaidade e olhar o estado com maior seriedade”.

Alécio Stringari analisou que no momento eleitoral renasce as esperanças porque houve mudança no sentimento, tanto no estado como no Brasil. “Eu espero do governo do Pará uma melhor estrutura na área de educação. Não podemos admitir mais quatro anos de desmando do governo, mas acredito na melhoria para com o município de Marabá, porque este município precisa de um governo próximo. Na avaliação do vereador, um governo com boas intenções pode, sim, melhorar o destino da região. “Em 2015, vai começar a obra da Hidroelétrica de Marabá e ninguém ainda sabe se vai ser com eclusas ou sem. Não temos logística para escoar a nossa produção e precisamos explorar nossas riquezas da melhor forma, mas ainda não fazemos isso por falta de logística”, cobrou Alécio.

Júlia Rosa pediu maior investimento do governo do Estado em Marabá e região. “Pela primeira vez o Norte e Nordeste, tão discriminados pelos governos, mostraram sua força e foram determinantes na eleição da presidente Dilma Rousseff. Esperamos que isso ajude a diminuir as distâncias para o desenvolvimento e o governo federal amplie os investimentos nestas duas regiões”.

Para Vanda Américo, se a região tivesse uma compreensão melhor não tinha votado no PT, por não ter cumprido as promessas feitas para o estado do Pará nos grandes projetos de desenvolvimento da região. “Vamos continuar lutando pela verticalização mineral. Nenhum governador investiu tanto na nossa região quanto o Simão Jatene”, argumentou Vanda.

O vereador Coronel Araújo apresentou um quadro resumido das eleições de 2014, para que todos tivessem uma compreensão maior do processo eleitoral, com números das eleições no Pará, Brasil e como o eleitorado se comportou no município de Marabá. Para ele, a democracia foi vitoriosa nas eleições.

Todos que usaram a palavra, também lembraram que Marabá elegeu três deputados estaduais e um federal, e é de suma importância a atuação dos parlamentares nas suas respectivas esferas de trabalho, para que Marabá tenha mais recursos e posso ter melhores condições políticas para a população de uma forma geral.