Toinha solicita audiência pública com a Vivo

Empresa de Telefonia está entre as piores em Marabá e os usuários estão irritados com péssima qualidade do sinal

Logo na primeira sessão ordinária de 2014, ocorrida na manhã desta terça-feira, dia 18 de fevereiro, a vereadora Antônia de Araújo Albuquerque, a Toinha do PT, revelou que recebeu inúmeras denúncias no período de recesso do Legislativo em relação aos maus serviços prestados pela empresa de telefonia Vivo em Marabá. Segundo ela, muitas pessoas a procuraram se queixando dos problemas de sinal. “As reclamações chegam todos os dias em meu gabinete. Às vezes, as pessoas me abordam em local público para se queixar”.

Diante disso, Toinha ingressou com Requerimento solicitando à Mesa Diretora da Câmara uma audiência pública para que a comunidade e a direção da empresa de telefonia discutam os problemas existentes e apontem a solução para a melhoria do serviço público. Na ocasião, de acordo com a parlamentar, serão debatidos temas como o mau atendimento prestado pela telefônica e os preços exorbitantes praticados por ela, além de outras demandas da sociedade.

Toinha pediu ainda que para o evento sejam convidados o Ministério Público Estadual, representantes da empresa, Prefeitura, associações de bairros, sindicatos e a sociedade civil organizada. “Temos de ter uma saída para essa situação e dar uma resposta à comunidade”, destacou a petista.

A vereadora lembrou que em alguns municípios do país, a Vivo chegou a ser proibida de vender novos chips até que melhorasse a qualidade do sinal. “Deveríamos adotar o mesmo procedimento em Marabá para que a direção dessa empresa entenda que os usuários deste município merecem um tratamento digno porque pagam pelo serviço”, avaliou.

 

O vereador Ilker Moraes corroborou com Antônia Albuquerque, reconhecendo que a Vivo é a pior operadora em Marabá, atualmente. “Não dá conta de atender clientes satisfatoriamente e todos nós ficamos irritados e pagamos alto por isso”, desabafou.