Vanda Américo pede que Prefeitura volte a valorizar o esporte amador

Vereadora alerta que primeira e segunda divisão do futebol municipal entraram em decadência

Ao usar a tribuna da Câmara na sessão desta terça-feira, 31 de março, a vereadora Vanda Américo Gomes fez um duro discurso sobre os problemas do esporte de Marabá, de forma específica ao futebol amador. Segundo ela, os clubes tradicionais, como Bangu, Sociedade Esportiva Amapaense, Clube Atlético Marabá e os mais recentes não conseguem sobreviver e nem participar de campeonatos porque a gestão municipal não cumpre sua parte.

Vanda recordou que antes de assumir o cargo de prefeito, João Salame vivia incentivando o esporte amador, mas desde que se tornou gestor municipal essa realidade mudou, apesar de ter prometido um fortalecimento do setor durante sua campanha política em 2012.

A vereadora relembrou que em 2014 não houve campeonato municipal. Apenas a competição relativa ao ano de 2013 foi realizada e só terminou em agosto de 2014. “Em dois anos, o município não vem investindo no esporte amador, tanto na primeira quanto na segunda divisão. Desejamos que ele continue a incentivar o Águia, mas que fortaleça o esporte amador. É preciso incentivar o surgimento de novos clubes. Ele prometeu mundos e fundos para os desportistas, mas não cumpriu”, lamentou a vereadora.

Ao pedir um aparte, o vereador Gerson do Badeco concordou com a colega Vanda Américo e disse que o futebol amador do município praticamente acabou. “Os clubes tradicionais, em todas as categorias, entraram em decadência. O secretário de Esportes precisa rever essas questões juntamente com o gestor. Se o Águia está passando situação caótica, os amadores estão no mesmo caminho”, lamentou.

Vanda pediu que a Mesa Diretora da Câmara convoque o secretário de Esporte, Erton Luiz Vigne, o Gaúcho, para dar explicações sobre o orçamento de sua pasta para o ano de 2015. “Espero que esta reunião tenha também a presença de representantes dos times e Liga Esportiva de Marabá”, finalizou Vanda.