Vereador Sidinei quer mobilizar protesto popular sobre mau cheiro na cidade

Mau cheiro do frigorífico voltou a ser tema de debate na Câmara

Ao ocupar a tribuna da Câmara nesta quarta-feira, 5, o vereador José Sidinei Ferreira (PSDB) sugeriu que o Legislativo Municipal volte a se posicionar sobre o mau cheiro que exala na cidade, que teria origem no frigorífico ou curtume JBS, localizados no Distrito Industrial de Marabá.

José Sidinei considerou que há uma reclamação generalizada na cidade sobre o mau cheiro, que não acontece apenas no período da noite, mas também no final da tarde. Ele chegou a sugerir que a Câmara mobilize a comunidade para uma grande manifestação em frente ao frigorífico e para cobrar da Justiça uma posição enérgica para que o problema do mau cheiro seja solucionado o mais rápido possível.

 

Na próxima segunda-feira, às 9 horas, haverá uma reunião entre vereadores e o Executivo e ele sugeriu que nesta ocasião seja produzido um manifesto da Câmara sobre o assunto e que o documento seja enviado a todos os órgãos de Imprensa da cidade.

O vereador Miguel Gomes Filho, o Miguelito (PP), considerou o assunto pertinente e foi mais radical, ao sugerir que as autoridades de meio ambiente determinem o fechamento do curtume, a quem ele considera o grande responsável pelo mau cheiro que incomoda a população marabaense.

Líder do governo na casa, o vereador Pedro Souza disse existir um processo que está em tramitação na justiça que trata justamente desse assunto, e que a Câmara deveria tomar conhecimento do andamento judicial, para tomar as providências cabíveis e corretas.

Por sua vez, o presidente da Câmara, vereador coronel Antônio Araújo (PR) pediu para o Departamento Jurídico da Câmara para fazer levantamento da situação jurídica do curtume para que o Legislativo possa se posicionar formalmente em relação ao problema.