Vereadores apreciam 50 matérias em sessão ordinária

Requerimentos de autoria dos vereadores e Projetos de Lei vindos do Executivo preenchem a pauta

Durante a sessão ocorrida nesta quarta-feira, 11, na Câmara Municipal de Marabá, 50 matérias foram apresentadas e deliberadas pelo Poder Legislativo de Marabá, dentre requerimentos de autoria dos vereadores e Projetos de Lei oriundos do Executivo.

O presidente da Câmara Municipal de Marabá (CMM), Miguelito Gomes Filho, apresentou projeto de lei que institui a meia-entrada para doadores regulares de sangue em todos os eventos culturais em locais de diversões, espetáculos, esporte e lazer do município de Marabá.

Segundo o projeto, a Lei abrange todo e qualquer evento que proporcione ao cidadão lazer, cultura e entretenimento. E são considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados no Hemopa e que possuem carteira de doador, contendo identificação e data da última doação.

O vereador Leodato Marques solicitou, através de requerimento ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), que se faça uma rotatória com redutores de velocidade e sinalização no KM 9 da BR-230, sentindo Marabá-Itupiranga, na entrada da rodovia do Rio Preto. De acordo com ele, atualmente acontecem muitos acidentes fatais no local, e com a inauguração do novo estádio será pior ainda. Na visão do legislador, é necessário que o Poder Público se antecipe nessa questão.

A vereadora Antônia de Araújo Carvalho, a Toinha do PT, solicitou a criação do programa de atendimento e acompanhamento domiciliar ao paciente terminal de câncer, no âmbito do município de Marabá.

Já o vereador Gerson do Badeco requereu medidas preventivas no combate à dengue através de nebulização de inseticida, com auxílio de carro fumacê em Marabá.

 

Para acompanhar a tramitação e as demais matérias, a Câmara Municipal de Marabá disponibiliza os informes através do site da instituição (www.maraba.pa.leg.br).