Vereadores entregam carta de reivindicações ao secretário de Segurança do Estado

Reunião na 23ª Brigada reuniu a cúpula da Segurança Pública e também o prefeito João Salame

Na tarde desta quinta-feira, 14, um grupo de vereadores da Câmara Municipal de Marabá se reuniu com a cúpula de segurança pública do Estado para discutir formas de diminuir os índices de violência no município. A reunião aconteceu na 23ª Brigada de Infantaria de Selva, com a participação do secretário de Segurança Pública do Estado, Jeannot Jansen, comandantes da PM, Polícia Civil, entre outros órgãos afins.

Participaram da reunião, representando o Legislativo marabaense, o presidente da Câmara, Miguel Gomes Filho e os vereadores Antônio Araújo, pastor Elói Ribeiro, Ubirajara Sompré, Antônia Carvalho e Guido Mutran.

O vereador Antônio Araújo falou em nome dos vereadores e entregou ao general Jeannot uma carta com onze reivindicações de melhorias para o setor de segurança em Marabá para que a população sinta-se melhor protegida pelo Estado. Coronel Araújo destacou a necessidade de mitigar os problemas de violência, que envolvem, sobretudo, jovens, e ainda informou à cúpula da segurança pública que o prefeito João Salame vai reativar em breve o GGIM (Gabinete de Gestão Integrada Municipal) reunindo todos os órgãos de segurança para uma reunião semanal para analisar problemas e apontar soluções.

Ao comentar a necessidade de aumentar o efetivo das polícias Militar e Civil em Marabá, Coronel Araújo avaliou que é necessário garantir no próximo concurso público um aumento bem maior do efetivo e garantiu que o número de 200 PM a mais para Marabá ainda é muito pouco, pois ainda faltam pelotões de cavalaria e choque, por exemplo.

As onze medidas sugeridas pelos vereadores são as seguintes:

1 - Aumento do efetivo policial, tanto civil quanto militar;

2 - Instalação do Batalhão de Polícia Militar no complexo urbano do núcleo Cidade Nova, já aprovada por lei estadual;

3 - Instalação de policiamento integrado no complexo urbano de São Félix;

4 - Efetivação da unidade de Missões Especiais, cujo quartel já foi construído;

5 - Manutenção e reforço do policiamento do núcleo Marabá Pioneira;

6 - Reforço do policiamento no bairro Liberdade e adjacências, inclusive com a dotação de trailer.

7 - Credenciamento de clínicas médicas e laboratórios de análises para atendimento de policiais militares e seus familiares;

8 - Construção de espaço no quartel do 4º BPM para funcionamento de creche para filhos de policiais militares;

9 - Aumento da frota de veículos (carros e motocicletas) para atender ao policiamento móvel;

10 - Instalação urgente de uma delegacia de polícia exclusiva para atendimento de ocorrências de fatos que envolvam crianças e adolescentes;

11 - Efetivação de uma delegacia de polícia com funcionamento 24 horas no núcleo urbano da Cidade Nova;

 

Em seguida, o prefeito João Salame Neto chancelou as reivindicações dos vereadores e destacou a necessidade de construção de uma parceria permanente entre o município e o governo do Estado para diminuir os índices de violência em Marabá. Salame destacou a importância de o Estado implantar, por exemplo, escolas técnicas, construir mais escolas de ensino médio e praças esportivas, o que vai ajudar a evitar que a juventude se enverede pelo crime.

O prefeito propôs ao secretário Jeannot Jansen que o Estado assuma a gestão do Sistema de Monitoramento por câmeras porque o custo de manutenção é alto para o município. “Nós implantamos o serviço em parceria com a Vale, mas não é nosso foco o trabalho com segurança”, destacou o prefeito.

Ao usar da palavra, o secretário Jeannot parabenizou os vereadores pela preocupação, junto com o prefeito, de melhorar a segurança pública do município, e disse que vai analisar as reivindicações com cuidado.