Vereadores ouvem queixas de moradores da Vila Santa Fé

Eles vieram reclamar de falta de coleta de lixo, telefonia e obras inacabadas

Uma comissão com cerca de 20 moradores da Vila Santa Fé, a 66 km da sede do município de Marabá, vieram à Câmara na sessão da última terça-feira, 21, pedir apoio para que os vereadores ajudem a resolver os problemas daquela comunidade. Iolanda Fortaleza, representante da Associação da Mulher da Vila Santa Fé, disse que a escola Jean Piaget está em péssimas condições e as obras iniciadas nunca foram concluídas. “Faz um bom tempo que está tudo parado e 350 alunos estão sem condições de aula”, desabafou.

A representante falou, também, sobre a coleta de lixo na vila Santa Fé. Segundo ela, o lixo produzido na escola e nas residências está sendo jogado nas ruas e nos quintais porque não há coleta. Os garis que atuavam na vila foram retirados e o lixo está só aumentando, assim como o risco de doenças na vila. “Precisamos de uma ambulância, porque a que tínhamos foi retirada e nunca mais voltou”, disse ela, pedindo apoio para realização da Expofé, a feira agropecuária que virou tradição naquela vila.

A vereadora Vanda Américo (PSD) foi a primeira a fazer uso da palavra para comentar o caso. Ela lamentou a situação da vila Santa Fé e disse que o município não pode continuar com o lixo espalhado pela cidade. Para ela, se não fizer um mutirão, não vai conseguir resolver o problema existente.

Ainda de acordo com a vereadora, é preciso melhorar a situação das escolas e lamenta que a Semed não consiga concluir as obras que estão paradas há vários meses.

A vereadora Irismar Melo (PR) criticou a falta de ambulância para as vilas, que funciona quase como um hospital para as comunidades mais distantes.

O vereador Pedro Correa (PTB) ratificou que a Santa Fé e outras comunidades rurais sofrem com falta da equipe de extra-muro para atender os necessitados na área.

Para o vereador Alécio Stringari (PSB), que reside na região do Rio Preto, é necessário um acordo com o Executivo para que a escola Jean Piaget seja concluída ainda este ano. Em relação à falta de telefonia, ele acredita que é preciso apoio em várias esferas para se fortalecer estas demandas, mas também policiamento, serviço de correios e a instalação de uma Pastoral da Criança.

Santa Fé Alecio

Stringari disse que conversou várias vezes com o prefeito João Salame para colocar a casa em ordem e investir na zona rural, o que é de direito da comunidade. De acordo com ele, o prefeito disse que a partir de junho colocaria garis nas vilas e que as obras paradas teriam continuidade. “Tudo isso está acordado com o prefeito. A gente entendeu que naquele momento precisávamos dar esse tempo para o gestor. Agora, precisamos lutar para que esses direitos sejam garantidos”, ponderou Alécio.

Guido Mutran, em contato com a Secretaria de Saúde, disse que o  planejamento de  entregar as ambulância nas vilas começa no mês de junho e na Vila Santa Fé está programado para a terceira semana do mês, junto com uma ação itinerante de saúde. “É importante que vocês venham aqui reivindicar mesmo. Este é o espaço adequado e o nosso papel é também apoiar as demandas da zona rural”, lembrou.

Segundo ele, a reforma da escola Jean Piaget deve ser retomada no mês de junho.

 

A vereadora Júlia Rosa (PDT), presidente da Câmara, advertiu que algumas demandas têm de ter prioridade, como a coleta de lixo que é uma ação preventiva de saúde. Ela ressalta que deva ser feito a destinação das ambulâncias em caráter de urgência, e não esperar para dia 15 de junho. “A saúde não espera, os doentes muito menos”, ressalvou Júlia Rosa.

O líder do governo na Câmara, vereador Pedro Souza (PPS), lembrou que a gestão atual recebeu a prefeitura com muitas dívidas e ainda há uma grande dificuldade de investimento. Ele reconhece que a zona rural não recebeu ainda a atenção que a urbana já teve. Ele apresentou aos moradores da vila e colegas vereadores um cronograma de ações da PMM para cinco vilas da zona rural no mês de junho, para onde serão oferecidos serviços de emissão de documentos, serviços de saúde, limpeza por parte da Secretaria de Obras, e que na vila Santa Fé esse pacote deve ser realizado no dia 15 de junho.