Câmara entrega pauta de reivindicações ao DNIT

Aproveitando a passagem da diretoria do órgão, os vereadores pediram urgência na solução de antigos problemas que afetam Marabá e região

Durante evento realizado na manhã desta quinta-feira, 20, no hotel Golden Ville, com o objetivo de debater um programa de desenvolvimento das regiões Norte e Centro-Oeste, especificamente entre os estados do Mato Grosso e Pará, criando uma logística de infraestrutura capaz de escoar a produção mato-grossense pelos rios, estradas e ferrovias paraenses, a presidente da Câmara Municipal de Marabá, Júlia Rosa, aproveitou a presença dos diretores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Marabá, e entregou uma pauta, subscrita pelos vereadores, contendo uma lista de ações emergenciais que o Departamento deve realizar no município e na região. O documento foi entregue nas mãos do diretor executivo do órgão, Tarcísio Freitas.

Júlia lembrou que a lista foi deliberada após muitas discussões, reclamações e diálogo com a sociedade. “Já tivemos inclusive audiência públicas para tratar desse assunto”, falou a presidente.

Além da classe política local, estiveram presentes empresários, diretores do DNIT, um grupo do setor agrícola do Mato Grosso e uma Comissão de Infraestrutura e Logística do estado vizinho, denominada APROSOJA. De acordo com os idealizadores do evento, o alvo central é a busca de soluções definitivas para consolidar uma nova rota de escoamento da produção de grãos do Centro-Oeste.

Representando o Poder Legislativo Municipal, ainda estiveram os vereadores Guido Mutran, Ubirajara Sompré, Vanda Américo, Irismar Araújo, Antônia Carvalho, a Toinha do PT, José Sidinei e Coronel Araújo.

Depois do evento, o grupo seguiu viagem percorrendo a BR-155, tendo como última parada Redenção. Segundo eles, um dos motivos também é o mapeamento dessa rodovia e suas condições de trafegabilidade.

 

 

Segue abaixo a pauta:

 

1-  1-Transferência do controlador de velocidade do semáforo localizado próximo à Câmara Municipal, pra o semáforo localizado na folha 33, Bairro Nova Marabá, haja vista a maior necessidade desse aparelho em referido ponto, e maior fluxo de pessoas e veículos.

2-  2-Abertura de acesso ao bairro do Amapá em frente à Secretaria Municipal de Saúde, conferindo maior segurança no trânsito desse local.

3-  3-Definição da data para abertura da licitação para a contratação de empresa que irá proceder à derrocagem do pedral do Lourenção. Essa derrocagem tem implicação direta no desenvolvimento econômico da região, eis que necessária para a construção da hidrovia Araguia-Tocantins.

4-  4-Construção de passarela em frente ao shopping Pátio Marabá, mediante parceria público privada, haja vista a manifestação de empresários em estabelecer essa parceria

5- 5-Instalação de semáforo na Avenida Transamazônica, Bairros São Félix I e II.

6-  6-Instalação de semáforo no cruzamento da rodovia BR-230 com a avenida Nagib Mutran, Bairro Cidade Nova, haja vista inúmeros acidentes automobilísticos, medida que se torna urgente, por envolver risco à vida das pessoas.

7-  7-Conclusão do asfaltamento da Rodovia BR-230 (Transamazônica), no trecho compreendido entre o município de Palestina do Pará e a ponte sobre o Rio Araguaia, em cerca de 15 quilômetros, tornando menos penoso, perigoso e oneroso o trânsito nessa rodovia.