Câmara entrega título de Cidadão Marabaense ao coordenador da Secretaria de Obras

Em sessão solene, vereadores prestam homenagem a Edivan Oliveira por sua atuação em prol do município

Na noite desta quinta-feira,18 de setembro, a Câmara Municipal de Marabá realizou Sessão Solene para prestar homenagem a Francisco Edvan de Oliveira, que atua como coordenador geral da Secretaria Municipal de Obras (Sevop), a quem foi entregue o título de Cidadão Marabaense.

coordenador de obras

O Projeto de Decreto Legislativo foi apresentado pelo vereador Guido Mutran Júnior e aprovado pelos demais vereadores. A sessão foi conduzida pela presidente Júlia Rosa, a qual convidou para a mesa o general Anísio David Júnior, comandante da 23ª Brigada de Infantaria de Selva, além do coronel Carlos Alberto Ferreira, chefe do Estado Maior da 23ª Brigada, o secretário municipal de Obras, Antônio de Pádua, mais os vereadores Coronel Araújo, vice-presidente da Câmara, e Guido Mutran.

Antônio de Pádua reconheceu o empenho de Oliveira, a quem disse que passou a designar a responsabilidade por tarefas complexas desde que percebeu que ele era um servidor sério e comprometido com as causas do município e perfil que estava sendo implantado na Sevop desde o início da atual gestão. “Ele encarou os desafios com disciplina e comprometimento com a causa. Ele é muito acessível por parte de líderes comunitários e vereadores. No início, eu não o conhecia, foi para lá como indicação política, mas depois nos tornamos amigos”, revelou Pádua.

guido falando do coordenador de obras

O vereador Guido Mutran apresentou a biografia e o currículo de Edvan Oliveira, desde sua chegada a Marabá ainda pequeno, vindo de Mossoró-RN com seus pais. Começou a trabalhar cedo para ajudar no sustento da família e chegou a atuar no Exército por 22 anos, tendo sido promovido a cabo, com uma folha de relevantes serviços prestados à comunidade local.

Além disso, Oliveira teve também uma atuação destacada no futebol amador do município, com passagens como atleta e treinador em equipes como Cerita, Tocantins, Juventus, Belo Horizonte, Novo Horizonte, Sociedade Amapaense, Clube Atlético Marabá, Seleção de Marabá, entre outras.

“O Oliveira começa a trabalhar 6 horas da manhã e exerce a função de ajunto do secretário Pádua, com quem tem estreita afinidade. Em quase dois anos de convivência direita, percebemos que ele é uma pessoa que trabalha com honestidade, seriedade e mostrou-se um servidor extremamente necessário na Sevop para promover melhorias em todos os cantos da cidade”, disse Guido.

O vereador coronel Araújo disse que a resposta que a Câmara dá ao trabalho de Oliveira na Secretaria de Obras é o fato de seu nome ter sido ratificado por todos os vereadores para receber o título de Cidadão Marabaense.

O vereador Gilsim Silva destacou que Oliveira tem um histórico de referência no Exército em Marabá e que o trabalho que ele exerce na área de obras, na cidade, atualmente, complementa seu vasto currículo de ações em prol de Marabá. “Oliveira, você nasceu chorando no Rio Grande do Norte, mas hoje, aqui, você nasceu cidadão marabaense sorrindo”, disse Gilsim em tom descontraído.

Na avaliação do vereador Orlando Elias, a Secretaria de Obras funciona com um tripé baseado no esforço do secretário Pádua, Oliveira e o engenheiro Thiago, os quais não têm vaidade e não buscam holofote político para promoção pessoal. “Eles estão na Sevop para servir e atendem as pessoas independente da cor partidária”, reconheceu Orlando Elias.

A presidente da Câmara, vereador Júlia Rosa, também foi enfática em relação à postura de Oliveira e seu trabalho que complementa ao de Antônio de Pádua. “Poucas pessoas, ao exercerem uma função pública, trabalham para servir. Esse trio se diferencia de outras equipes por ter como meta principal o serviço permanente e célere em prol da comunidade. Vocês têm recebido as dores da população de Marabá e são unanimidade na Câmara, atualmente. Até a bancada de oposição elogia vocês”, reconheceu Júlia Rosa.