Vereadores discutem violência contra mulher em sessão remota

O Dia Internacional da Mulher é comemorado em 8 de março. E, hoje, um dia após a data, a primeira sessão remota do ano e da atual legislatura da Câmara Municipal de Marabá teve a defesa de direitos da mulher como um dos principais temas.

A vereadora Cristina Mutran iniciou seu discurso dizendo que observa que o clima na comemoração da data traz certa tristeza para muitas mulheres. “Sabemos que ao longo dos anos várias conquistas ocorreram. Entretanto, nós lutamos de forma aguerrida para coibir a violência brutal que as mulheres sofrem, no seio do lar, violência física, psicológica, e no enfrentamento ao feminicídio. Não temos tido, por parte do Poder Judiciário, uma resposta ágil. Às famílias das vítimas e a sociedade esperam um resultado nas investigações desses crimes e uma diminuição nos casos”, clamou Dra. Cristina.

Elza Miranda pediu a parte e disse que a Comissão dos Direitos das Mulheres, da Câmara Municipal de Marabá, irá atuar de forma assídua e clara na defesa dos direitos da mulher. “As ações de violência física e psicológica têm aumentado, e cabe a nós todos lutarmos para diminuirmos esses números”.

O vereador Coronel Araújo salientou que o Pará tem diminuído muito os índices de crimes violentos, com exceção do feminicídio. “Temos de nos aprimorar e lutarmos contra a violência que as mulheres sofrem”.
Vereadora de vários mandatos, Vanda Américo explicou que a relação abusiva se dá, também, em todos os espaços de poder, entre chefes e colegas no local de trabalho, que acham que são superiores às mulheres. “Para podermos avançar precisamos fazer um discurso e cobrarmos as práticas. Podemos divergir no campo das ideias, mas ocupando o nosso espaço e exigindo respeito mútuo”.

Vanda ainda concluiu destacando que a mulher pode estar onde ela quiser. “A cultura machista impediu que a mulher pudesse ocupar muitos espaços, e hoje eles são conquistados com muito respeito. Precisamos crescer e evoluir a cada dia na luta em defesa da mulher”.
O presidente Pedro Corrêa parabenizou o Águia de Marabá, que na transmissão do último jogo, ocorrido no domingo que antecedeu o Dia Da Mulher, emitiu diversas mensagens educativas e em homenagem às mulheres.