CMM dá posse aos novos membros do Parlamento Jovem

Nesta quinta-feira, 28, a Escola do Legislativo de Marabá realizou a cerimônia de diplomação e posse dos novos membros do Parlamento Jovem, formado por estudantes do Ensino Médio de escolas públicas de Marabá.

A cerimônia contou com a participação de parlamentares jovens de 2021, diretores de escolas, de José Walter, fiscal do Tribunal de Contas do Estado; Katiana Nogueira Leal, da 4ª Unidade Regional de Educação; Priscila Veloso, secretária adjunta da Seaspac, representando o prefeito Tião Miranda; Joana Simony, representante da Ordem dos Advogados do Brasil; Jackson Vieira, presidente da Câmara de Eldorado dos Carajás; Augusto Alves Carvalho, presidente da Câmara de São João do Araguaia; e Pedro Corrêa Lima, presidente da Câmara Municipal de Marabá.

Priscila Veloso, que já foi vereadora, disse que os jovens terão o privilégio de conhecer como funciona o Parlamento e que fica feliz com o aprimoramento do Legislativo Municipal. “Vemos muitas meninas no Parlamento Jovem. A participação feminina ainda não ocorre na Câmara”, observou. 

O presidente Pedro Corrêa disse que ações como essa trazem muito resultado para a sociedade e lembrou que o projeto Câmara Mirim foi implementado na CMM em 2015, pelo vereador Miguel Gomes Filho, o Miguelito. “Mais recentemente, aprovamos um projeto de resolução para o Parlamento Jovem, que já alcança os estudantes do Ensino Médio”.

Ele também destacou a realização de palestras para que os jovens se inteirem mais sobre o processo politico. “Percebemos, a partir dessa experiência, a necessidade de criar o parlamento jovem, para avançar nesse conhecimento e para que possamos politizar mais o nosso cidadão, para que tenhamos maior chance de escolhermos melhor nossos representantes políticos”, disse Pedrinho. 

Mas, o presidente do Poder Legislativo advertiu que este é um projeto sério, e que as pautas apresentadas pelos membros do Parlamento Jovem serão levadas ao Poder Executivo, assim como os diversos temas debatidos em sessão, como transporte público, educação, saúde.

Thalyta Yasmim Gouveia Nunes, estudante do 1º ano da Escola Oneide Tavares, eleita para o Parlamento Jovem 2022, disse que os jovens são o futuro do Brasil e os futuros eleitores. “Nós iremos decidir a direção que a política irá tomar. Portanto, precisamos estar no centro do debate”.

Outra estudante, Elloyse Cordeiro Almeida, disse que à politica sempre está presente na vida dos jovens, que se apropriar dessa ferramenta sempre buscando representatividade. “Não podemos nos abster do processo, pois a política dá visibilidade e voz para a juventude”.

Josielma Pamela da Silva Santos, aluna da escola José Cursino de Azevedo, disse estar grata, pois além de jovem, é mulher e se sente incluída no ambiente politico. Disse que antes de ser eleita para o Parlamento Jovem, achava chato falar sobre política e que a maioria dos jovens avalia da mesma forma. “Agora vejo que a política vai além do que a mídia mostra, e que os jovens sendo incluso nesse meio ajudam a mudar esse pensamento e também o seu futuro”. 

Abaixo, veja a relação de jovens que assumiram a vaga no Parlamento Jovem e suas respectivas escolas:

 

EEEFM ACY DE JESUS NEVES DE BARROS

 

 Karla Vitória dos Santos Rodrigues

 Amanda Galvão Fernandes 

 Samantha Meneses Máximo 

Amanda Graziely Marques Sales 

 

EEEM GABRIEL SALES PIMENTA

 

Elloyze Cordeiro Almeida

Eduardo Santos Sampaio

Pedro Henrique Aquino

Beatriz Cristina Santos 

 

 

EEEM INÁCIO DE SOUZA MOITA

 

Giovana Cabral da Silva 

Ágata Silva dos Santos 

Pedro Henrique da Silva Cazuza

Leandra Evinly Araújo

 

EEEFM JOSÉ CURSINO DE AZEVEDO

 

Yara Bernardo Gomes

Ezia da Silva Chaves 

Wanderson da Cruz Sousa 

Josielma Pamela da Silva Santos

 

EEEFM ONEIDE DE SOUZA TAVARES

 

Ryan Vinícius Silva dos Santos

Rubens dos Santos de Souza 

Thalyta Yasmin Gouveia Nunes

Enzo Brito de Souza