Sessão Solene ao Dia do Exército é marcada por entrega de 22 comendas

Sessão que faz parte do calendário oficial da Câmara Municipal de Marabá desde 2013, a sessão solene em alusão ao Dia do Exército foi realizada na manhã desta quarta-feira, 20 de abril, no plenário da Câmara Municipal de Marabá. Presidida pelo vereador Coronel Araújo, autor do projeto que instituiu a comemoração, a mesa ainda foi composta pelo coronel Luciano Augusto Cabanas Kanhet, chefe do Estado Maior da 23ª Brigada de Infantaria de Selva, que no ato representou o general de Brigada Maurício de Souza; Wandenkolk Gonçalves, secretário Regional de Governo; coronel Dayvid Sarah Lima, comandante do CPR II; Marcos Felipe Galúcio de Souza, comandante do 5º Grupamento Bombeiro Militar; e Rodrigo Albuquerque Botelho da Costa, presidente da Subsecção da OAB em Marabá. 

O vereador Coronel Araújo lembrou que o Exército Brasileiro tem relevantes serviços prestados à nação e por isso, em seu primeiro mandato propôs uma sessão solene em homenagem à instituição. “O Exército tem feito muito pelo Brasil, especialmente na nossa região. Em Marabá, por ocasião dos problemas que temos, na questão das enchentes, sempre está preparado para ajudar. Leve em nome desta Casa o nosso reconhecimento por tudo que vocês fazem pelo Brasil e nossa região. Não é à toa que o lema do EB é braço forte e mão amiga. Realmente, é um braço forte na defesa dos interesses da nossa nação e uma mão amiga que sempre está estendida ao povo brasileiro”, destacou o vereador. 

Secretário Regional de Governo, Wandenkolk Pasteur Gonçalves filosofou que não sabe se é ele quem acompanha o seu destino ou o conduz. “Quando era estudante, o nosso grande sonho era ser soldado do Exército. Neste momento, representando o governador Hélder, me sinto honrado por acompanhar quem faz tanto pela segurança e presta tantos serviços à nação”. 

Por fim, o secretário ainda destacou que em Marabá existem dois grandes problemas a serem combatidos, que são a pobreza e a desigualdade. 

Coronel Cabanas lembrou que na última terça-feira, dia 19 de abril, o Exército Brasileiro completou 374 anos de história, com a gênesis na insurreição pernambucana, onde foi a primeira vez que se ouviu falar a palavra pátria. “O nosso EB tem esse compromisso. Hoje temos a felicidade de ser uma das instituições de maior credibilidade do País. O nosso Exército agradece e tem a honra de estar aqui. Somos braço forte e mão amiga”. 

O coronel ainda lembrou que a 23ª Brigada foi implantada em 1976, pioneira entre as brigadas de selva do Exército Brasileiro, inicialmente com sede em Santarém e depois transferida para Marabá, em novembro de 76. “Esse marco representa o fortalecimento da mentalidade de defesa e proteção da Amazônia, estimulando o desenvolvimento regional e a integração nacional”.  

Ele lembrou que as principais ações desenvolvidas em conjunto com órgãos e sociedade de Marabá são apoio logísticos à vacinação, realização de mudanças dos afetados pela enchente e distribuição de cestas básicas e outros materiais. “Anualmente, cerca de 900 jovens incorporam às fileiras do EB na região, o que aumenta a simbiose existente entre a instituição e o povo brasileiro”. 

Logo em seguida, foi a vez dos homenageados receberem suas comendas.

 

Lista dos homenageados:

1. Antonio Rodrigues Miranda

2. Josiberto Joel Oliveira Marinho

3. Artur Gomes da Silva

4. Manoel Lino Pinheiro dos Santos

5. Cleire Cristina Silva de Araújo

6. José Rogemar Hemann Lanes

7. Ernane Alves da Silva

8. Wilson Pereira de Souza

9. Valdivino Alves de Almeida

10. Manoel Alves dos Santos

11. Antonio Gonçalves de Lima

12. João Lazaro Campos Couto

13. Roberval de Almeida

14. Jamille Cristina de Souza Barbosa

15. Joseano Rodrigues Gomes

16. Fernando Luiz Vulpi

17. Diego Maia Mendonça

18. Márcio Ribeiro Toniazzo

19. Leonardo Toledo de Melo Ramos

20. Fábio Luiz Oliveira de Azevedo

21. Wallace Acioly Vasconcelos

22. Luciano Augusto Cabanas Kanhet